DE SORRISO TAPADO

Chamam-lhe stand-up comedy. A arte de subir a palco apenas com um microfone e pensamentos, em que o único objetivo é colocar um sorriso na plateia. Arte esta que em tempos de pandemia sofre paragens e alterações levando a um “novo normal”. Mas de que maneira é que estas alterações impactaram os espetáculos e será que este “novo normal” é viável?

RICARDO CARDOSO: “A COMÉDIA É A DOR E A PAIXÃO AO MESMO TEMPO”

Desde miúdo que queria ser o Herman José. Um dia, a sua indecisão nas legislativas valeram-lhe 54 mil visualizações no Youtube. Hoje, conta com mais de nove milhões e é conhecido pelas suas reportagens e pelos sketches de “Falta de Chá”, com Guilherme Duarte. A mais recente aposta foi a ingrata arte do stand-up, onde demonstra a sua grande paixão pela comédia em palco.