Fabio Porchat - Teocracia em Vertigem | Foto: O Globo
HIENA

HIENA

“TEOCRACIA EM VERTIGEM”: O ESPECIAL DE NATAL DO PORTA DOS FUNDOS

Um ano depois da polémica que levou o grupo ao Supremo Tribunal Federal, os brasileiros Porta dos Fundos lançam a 10 de dezembro "Teocracia em Vertigem", o seu mais recente especial de Natal.

O grupo de sketches humorísticos brasileiro “Porta dos Fundos” anunciou o seu novo especial de Natal para 2020. Segundo os próprios este será uma resposta ao especial do ano passado, disponibilizado na Netflix, sob o qual se abateram duras críticas e culminou num ataque com cocktails molotov à sede do grupo na véspera de Natal de 2019. As intimidações chegaram de alas mais conservadoras e religiosas do público brasileiro e o caso chegou ao Supremo Tribunal Federal do Brasil. Isto tudo porque, no filme de 2019, “A Primeira Tentação de Jesus”, este foi retratado como um homossexual.

Ao jornal brasileiro “O Globo”, Fabio Porchat, o ator e argumentista do Porta dos Fundos que voltará a interpretar Jesus no novo filme, declarou que o especial deste ano terá “forte conotação política”. “Teocracia em Vertigem” é uma paródia do documentário realizado pela cineasta Petra Costa, “Democracia em Vertigem”, um dos nomeados para o Óscar para Melhor Documentário de Longa Metragem em 2020. 

Enquanto que “Democracia em Vertigem” versa os bastidores do impeachment da antiga Presidente do Brasil Dilma Rousseff, o julgamento do seu antecessor Lula da Silva, a eleição de Jair Bolsonaro e a crise económico-política do país, a paródia do Porta dos Fundos gira em torno do julgamento e ressurreição de Jesus Cristo, na mesma estética documental da obra de Petra Costa, com depoimentos de amigos e inimigos de Cristo.

Porchat afirmou que o “programa deste ano é uma defesa da democracia após todos os ataques que o episódio do ano passado sofreu. Trata-se da luta pela democracia e da defesa da liberdade de expressão. Não seremos intimidados. Não temos medo da censura”.

Além de Fábio Porchat, o especial de Natal conta com a participação do rapper Emicida, como Simão; a realizadora Petra Costa, que fará de si mesma e a atriz Clarice Falcão, ex-Porta dos Fundos, que será a narradora do mockumentary.

Este não é o primeiro filme-paródia de Natal da equipa de Porta dos Fundos. “Se Beber, Não Ceie”, estreado no Natal de 2018, venceu o Emmy Internacional de Melhor Comédia em 2019. No final desse ano, o grupo lançou “A Primeira Tentação de Cristo”.

“Teocracia em Vertigem” estará disponível no canal de YouTube do grupo a partir de 10 de dezembro. Até à data, não é claro se as críticas e os apelos ao cancelamento do grupo em 2019 serão as razões para que este filme não seja disponibilizado na Netflix, à semelhança dos anos anteriores.

PARTILHA ESTE ARTIGO

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

MAIS ARTIGOS